Opinião

Tudo termina em pizza? Pelo jeito ela foi gostosa

Na reunião extraordinária de ontem do COMDEMA estavam 4 vereadores e 2 secretários, além de muitas pessoas interessadas na sobrevida do último remanescente florestal significativo de Rolândia, o "pulmão verde" e local de recarga de rios: A CHÁCARA MARABU. As autoridades falaram de boatos sobre o loteamento no entorno da CHÁCARA e de uma possível ocupação inofensiva que iria ser revista pelo Plano Diretor.

Mas fomos surpreendidos pelo Adrian dizendo o nome da loteadora de fora, da compra já feita e da reunião marcada nos próximos dias na Prefeitura... O Adrian ainda questionou a falta de orientação por uma Prefeitura para negócios que vão ser prejudiciais para a sociedade... Sobre o crescimento de Rolândia fica-se atônito de saber, da Revisão do Plano Diretor afirmar, "que há um enorme índice de ociosidade na cidade...".

Em vez de crescer para os lados as palavras de ordem deveriam ser: "REVITALIZAÇÃO DO ABANDONADO"... Mas pelo jeito o dinheiro fala mais alto... Terras triplicam de valor, da noite para o dia, com cada vez mais loteamentos provocando um perigoso inchaço social, uma assustadora degradação ambiental que já custa muito e um futuro sinistro.

Foi sugerido um estudo sério e independente, a exemplo da MATA DOS GODOY, de uma ZONA DE AMORTECIMENTO EM VOLTA DA MATA DO SUÍÇO... Que este estudo fosse encaminhado pela Prefeitura e não por "ambientalistas".

É hora (passou da hora) de parar de brigar e planejar seriamente, de forma democrática, participativa e ativa, o NOSSO FUTURO COMUM. Quanto a família do Adrian: eles não têm interesse em vender suas terras tão valorizadas... eles querem deixar um legado histórico, ambiental e pedagógico para a sociedade... QUE GRANDE EXEMPLO! PARABÉNS E OBRIGADO! Que possamos também nos esforçar mais e fazer, de coração, a nossa parte... participando!

Texto de Daniel Steidle

Shopping