Policial

PCC planejava resgate de presos e roubo em Rolândia

Polícia Civil de Apucarana desarticula plano da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para resgatar presos e realizar um roubo na cidade de Rolândia

Conforme relata reportagem do site TN Online, publicada nesta sexta (21), o delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), José Aparecido Jacovós, afirmou que que a Polícia Civil de Apucarana desarticulou um plano da facção criminosa do Primeiro Comando da Capital (PCC) que pretendia resgatar presos e realizar um roubo na cidade de Rolândia.

Reprodução:

“Segundo Jacovós, durante uma minuciosa revista no minipresídio foram apreendidos diversos telefones celulares usados por detentos para comandar ações criminosas do interior da unidade prisional, além de farta documentação relacionada ao PCC e até uma planta da unidade carcerária denominada pelos criminosos de "Hotel do Jacovós".

 

"No final de ano sempre há tentativas de fuga, mas a polícia sempre está atenta para evitar tais fugas. Realizamos uma revista minuciosa e apreendemos farto material que indica articulações do PCC em Apucarana, como 'batismo' de criminosos na organização e até uma planta do minipresídio de Apucarana", relatou o delegado.

Jacovós criticou ainda o que classificou de "fragilidade da legislação penal brasileira". "O minipresídio de Apucarana tem capacidade para 96 presos, mas hoje há quase 350 pessoas detidas no local, mas se a legislação penal fosse mais rigorosa esse número seria bem maior. E como diz o sargento Fahur (eleito deputado federal), se há 350 pessoas presas no local é porque o minipresídio tem capacidade para tal, pois o preso deve pensar antes de cometer crimes, porque lugar de criminoso é na cadeia e aqui sempre cabe mais um", completou o delegado”.

Fonte TN OnLIne

Shopping