Cidades

Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão mal

Conhecido como golpe do cavalo louco, adolescentes comem e saem correndo da lanchonete sem pagar, mas são pegos e obrigados a fazerem uma faxina completa no local

Assista: 

Em Arapongas cinco adolescentes tentaram sair de uma lanchonete sem pagar a conta e foram pegos por funcionários do estabelecimento, que os obrigaram a limpar o chão enquanto eram filmados, para serem expostos nas redes sociais.  O fato ocorreu na noite do deste domingo (18), no Kis Cão Lanches, que fica no Conjunto Corina Pugliese, e está gerando uma grande repercussão nas redes sociais.

As imagens no vídeo mostram três meninas e dois rapazes limpando chão, banheiros, cadeiras e mesas como punição por terem tentado aplicar um golpe no estabelecimento. Um funcionaria que acreditasse que seja a proprietária, revoltada com o ato dos menores filma tudo e profere palavras ofensivas aos marginais.

Quando questionados pelo crime, os menores confessam o ato, além de terem seus rostos expostos nos vídeos. A proprietária os ameaça afirmando que irá divulga-los na internet para que aprendam a lição e não façam mais isso em outros lugares. Segundo o Portal Fato Atual, o grupo já havia aplicado esse golpe em outros dois estabelecimentos da cidade. Após a faxina terceirizada como diz um dos funcionários no vídeo, os adolescentes são liberados para irem embora.

Segundo o portal de notícias TNonline, A Polícia Civil de Arapongas está investigando  a conduta dos proprietários e funcionários do estabelecimento. Os jovens confessaram às autoridades a tentativa de calote, porém afirmaram não terem feito nenhum acordo para pagar a conta, e foram forçados a trabalhar, sofrendo torturas físicas e psicológicas.

Os menores alegam que foram interceptados pelo proprietário que estaria armado e que foram torturados com sacos plásticos e puxões de cabelos. Alguns deles apresentavam sinais de lesões, alguns provocados por substancia corrosiva, que suspeitamos que seja soda, declarou o delegado Audir da Silva.

A exposição pejorativa de menores na internet é considerada crime e pode gerar multa de até R$ 15 mil segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que proíbe a divulgação de imagens de menores de 18 anos. As fotos e vídeos divulgados estão em responsabilidades dos funcionários e proprietários locais. 

Texto de Rafael de Lima Rodrigues / Fotos Reprodução Video '' WhatsApp ''

Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 1Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 2Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 3Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 4Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 5Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 6Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 7Jovens tentam dar o golpe do cavalo louco e se dão  mal em Arapongas Manchete do Povo 8

 

Shopping