Policial

Dois vereadores de Londrina são alvos do GAECO, e afastados do cargo agora usam tornozeleira eletrônica

Os alvos dessa ação foi o atual presidente da Câmara de Vereadores, Mário Takahashi (PV), juntamente com o vereador Rony Alves (PTB)

Uma operação de combate à corrupção foi realizada na manhã desta quarta (24), pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Londrina.

Segundo o promotor do Gaeco, Jorge Barreto da Costa, 25 mandados foram expedidos. A operação iniciou após uma investigação em fevereiro de 2016 sobre negociações e aprovações de projetos envolvendo loteamentos na cidade. É uma operação que está investigando a prática de corrupção envolvendo vereadores e servidores do município de Londrina, destacou o promotor.

Foram feitos pedidos de prisão contra os vereadores alvos da operação, porém a Justiça não acatou a ordem judicial. O juiz entendeu por bem definir cautelares. Desta forma, os dois vereadores, usarão tornozeleiras eletrônicas, explicou Barreto.

A Justiça então decretou que os dois vereadores serão afastados do cargo e estão proibidos de frequentarem a prefeitura, e a Câmara não deve manter contato.

Os vereadores não se manifestaram até o fechamento desta matéria.

Fonte G1 / Texto colaborou Rafael de Lima Rodrigues