Sociedade

Denúncia pede solução para grande quantidade de LIXO em praça central de Rolândia

“Todos os dias a praça fica lotada de lixo espalhado, levando mal cheiro e denegrindo ainda mais a imagem da cidade”, relata a moradora. Secretário garante que local não é para descarte de LIXO

Quem passa pela Castro Alves, próximo ao antigo posto central pode confirmar a denúncia feita pela rolandense, Simoni Rodrigues Arlati que enviou fotos para a redação do Jornal MANCHETE DO POVO pedindo providências em relação à grande quantidade de lixo jogado na praça.

Ela relata que todos os dias a praça fica desta maneira e que pessoas vem de vários lugares da cidade para jogar lixo ali. “Um cheiro horrível, (...) Acredito que isso denigre demais a visão da cidade, ainda mais por ser uma rua que corta a cidade toda”, afirma a denunciante.

Para Simoni precisamos conscientizar a sociedade gerando um senso de coletividade como forma de melhorar a cidade.

 

A denunciante revela que já tentou falar com o vice-prefeito, com vereadores, porém nada deu resultado, “Vamos levar para a promotoria pública”, garante.

O secretário de infraestrutura, Marcos Santucci garante que esteve no local e pediu para a SANETRAN fazer a limpeza imediata da praça.

Porém a denunciante lamenta que não adianta limpar, porque no outro dia fica a mesma nojeira de novo. “Será possível mudar essa lixeira de lugar? Por que o local é feito para descarte de grande quantidade de lixo? ”, questiona.

O secretário responde que não, “o local não é para descarte de lixo, mas que a lixeira grande foi feita para uso dos feirantes de domingo apenas”, explica.

Ele ainda orienta que, se possível, os vizinhos podem tirar uma foto dos carros que fazem o descarte ilegal durante a semana para ajudar na denúncia, já que fica inviável a prefeitura fazer a fiscalização em tempo integral da praça.

Shopping