Política

Conselho Tutelar visita as escolas ocupadas em Rolândia

Luan Augusto Alves Amaral é presidente do Conselho Tutelar de Rolândia. Segundo ele os conselheiros estão realizando visitas aos colégios no intuito de conferir as condições que estes adolescentes se encontram para garantir que os direitos fundamentais sejam respeitados.

Ele relata que apenas os maiores de 14 anos estão passando a noite no colégios mediante autorização por escrito dos pais. Os menores são levados pelos pais durante o dia , pois estão sendo realizadas oficinas.

Segundo ele trata-se de ambientes muito bem organizados no qual os adolescentes tem cronogramas de atividades com horário de acordar, fazendo sua própria refeição, limpando e cuidando do prédio. "Nós observamos que está tudo muito bem organizado, e as condições em que eles estão não é perfeita, mas é ideal para que eles possam estar até o momento", constata.

A vice-presidente e conselheira, Patrícia Barros Mazare, revela que nas escolas em que passaram foi possível constatar a presença de cerca de 20 a 30 alunos. Ela ressalta que eles estão tendo a autorização e apoio dos pais. "Nós verificamos e todas estas autorizações foram apresentadas", garante.

Patrícia conta que quando questionados os jovens afirmaram que em caso de uma ação de reintegração de posse atenderão a ordem da justiça e sairão pacificamente.