Eleições 2018

Como foi a votação dos candidatos de Rolândia

Nestas eleições quatro rolandenses disputaram o pleito, mas apenas Cobra Repórter (PSD) foi reeleito. Os postulantes colocaram seus nomes para os cargos de deputado federal e estadual

Cobra Repórter (PSD) disputando a reeleição obteve no total 46.938 (0,82%) votos. 17.841 a mais que em 2014, quando se elegeu pela primeira vez com 29.097 votos (0.50%).

Em Rolândia, desta vez o deputado conquistou 50,88% dos eleitores com 16.924 votos. Um aumento de 20% comparados aos 14.146 votos feitos em 2014. Foram 2.778 votos a mais que o pleito anterior.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Guilherme Spanguemberg (Patriota), candidato pela segunda vez reduziu a quantidade de votos obtendo 4.373 (0,08%). Candidato a Deputado Estadual do Paraná em 2014, pelo Partido Socialista Brasileiro teve naquele ano 4.617 votos (0.08%).

Na cidade o candidato teve o voto de 3.257 eleitores, são 9,97% dos eleitores rolandenses.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pelo PT Fabio Morim candidato pela primeira vez teve 1.256 (0,02%), dos quais 597 votos foram conquistados em Rolândia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para Deputado Federal, disputando pela primeira vez uma eleição João Paulo Gilini (PCdoB) teve 1.317 votos no total. Em Rolândia ele conquistou 2,6% obtendo 843 votos.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FOTOS TSE
 
Shopping