Cidades

Audiência pública irá discutir renovação de pedágios

A Frente Parlamentar Contra a Prorrogação dos Contratos de Pedágio da Alep (Assembléia Legislativa do Paraná) promove nesta quinta-feira (19), a partir de 19h, no Centro Cultural Nanuk, em Rolândia, uma audiência pública para discutir a prorrogação do contrato das concessionárias com o governo estadual. A renovação está prevista para 2021. De acordo com o vereador João Ardigo (PSB), um dos organizadores do encontro, o debate será propício para boa parte dos rolandenses que estão envolvidos com o Movimento Tarifa Zero. "Queremos a isenção para todos os moradores", cobrou o parlamentar.

Sem avanços, rolandenses que vão para Arapongas continuam pagando cerca de R$ 8. O valor é menor para quem faz o caminho inverso. A prefeitura acordou com a Viapar um desconto de mais de 70% a motoristas, além da cobrança de R$ 1 para motociclistas. Enquanto isso, a estrada alternativa antigamente usada para desviar do pedágio, a Estrada do Ceboleiro, permanece interditada. Por várias oportunidades, integrantes do Tarifa Zero travaram uma intensa queda de braço com a Viapar, que fechou a via.Segundo ele, as negociações entre a Prefeitura de Rolândia e a Viapar, concessionária que administra o pedágio na BR-369, na divisa com Arapongas, não avançaram. "A administração municipal notificou a empresa pedindo os mesmos benefícios concedidos aos araponguenses. Porém, pelo o que estou acompanhando, nenhuma resposta foi enviada. Se a Viapar não concordar, vamos ingressar com uma liminar pedindo os mesmos direitos", apontou.

Fonte: