Policial

Agricultor de Rolândia terá que reflorestar área de preservação permanente

Derrubar Área de Preservação Permanente é crime conforme Novo código florestal Brasileiro de 2012

No início dessa semana a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio ambiente de Rolândia autuou um agricultor do município que derrubou cerca de 300 arvores em sua propriedade rural. Parte da mata derrubada, de aproximadamente cinco mil metros quadrados, era nativa e estava em uma área demarcada como APP(Área de Preservação Permanente).

Conforme relato da secretaria municipal de agricultura e meio ambiente o agricultor até tentou justificar o que havia ocorrido e que o objetivo era derrubar uma casa de madeira abandonada no local. No entanto a Secretaria entendeu que se tratava de uma tentativa para aumentar a área de plantio.

O agricultor pode recorrer e apresentar uma justificativa. Mas conforme o Secretário de Agricultura e Meio ambiente de Rolândia , Anderson Buss Cardoso, é pouco provável que seja aceita e ainda explicou que o morador poderá ser autuado pelo ministério publico e pelo IAT (Instituto Água e Terra) .

 

Fonte: Folha de Londrina