Conheça o setor de farmácia do Hospital São Rafael

Conheça o setor de farmácia do Hospital São Rafael Destaque

 

Hospital São Rafael Rolandia

 O setor de farmácia do Hospital São Rafael, é a unidade da instituição onde ocorre o controle, armazenamento, dispensa e distribuição dos remédios e similares, que são utilizados nos internamentos dos pacientes, ou qualquer outro auxílio médico, onde é necessária a intervenção de algum medicamento. Atualmente a direção deste serviço é realizada pela farmacêutica Jéssica Miranda Ortiz, 28 anos. Além dela também atuam no local os auxiliares administrativos, Juliana Alves, Eliane Barbosa Torres, Josiane Maria da Silva, Marcio José Gonçalves, Matheus Zambianco, Paula Andreia Marques e a estagiária, Isabela Beatriz Nascimento dos Santos. Conforme a farmacêutica, o trabalho dela necessita de uma base clínica e também administrativa, pois, na função dela, é preciso servir o paciente com medicação segura e adequada.


Segundo a farmacêutica, o setor de farmácia do hospital vem passando por mudanças bem relevantes. Não só quanto a equipe, mas também quanto a recursos. “Nós temos um recurso que vem do governo estadual, e que é destinado para a compra de medicamentos. É importante ressaltar que nós prestamos conta disso, e asseguramos que fazemos uma compra racional de medicamentos” explica. Essas mudanças foram possíveis, através de uma determinada gestão de estoque, e de um controle rigoroso sob os medicamentos. “Como farmacêutica certifico que hoje o estoque da farmácia do Hospital São Rafael, está muito organizado. Não há ausência de medicamentos, ou de materiais hospitalares no momento” afirma. A farmacêutica também esclarece que caso ocorra a falta de um remédio, e for necessária a aquisição dele com urgência, o hospital fará contato com algum outro órgão hospitalar mais próximo, e será solicitado o empréstimo.
ESTOQUE

MEDICAMENTOS MAIS UTILIZADOS

A farmacêutica explica que o setor trabalha com remédios padronizados. Existe uma saída grande de antibióticos e analgésicos (como exemplo a dipirona). “Um medicamento que é bem solicitado e sai todos os dias, é o “Ranitidina”, que é direcionado para o estômago” explica. A profissional também conta que existem aqueles medicamento sazonais, onde o clima, e as estações do ano, são os elementos influenciadores nesta questão.

A IMPORTÂNCIA DE UMA GESTÃO DE QUALIDADE

Para Jéssica, uma boa gestão e um cuidadoso controle de estoque, reflete principalmente na parte financeira da instituição. “Se não há o exercício de uma boa gestão, o hospital necessariamente tem que dispor de mais dinheiro, não há qualquer domínio do giro de estoque, e com isso, resulta em informações incoerentes sobre o que se está gastando de fato” conta. Para a profissional, uma avaliação incorreta das reais situações, também atinge os pacientes atendidos. Ela afirma que a má gestão de materiais e de medicamentos, pode refletir na ausência dos mesmos, o que afeta diretamente os usuários do hospital.

DESCARTE DE REMÉDIOS

Jéssica explica que quando algum medicamento está chegando próximo aos 3 meses de vencimento da validade, é feito contato com a equipe médica, para estudar medidas que impeçam o descarte destes remédios. “Um exemplo de método é orientar os médicos a verificarem se é cabível uma troca de algum fármaco, seja até mesmo pela miligrama” explica. Quando não há outra solução, os produtos são encaminhados para um descarte de resíduos especifico para este fim.

 DOAÇÕES

Jéssica explica que é comum o hospital receber algumas doações de determinados medicamentos. “No início deste mês, nós recebemos uma doação bem importante, de um medicamento coagulante. É um medicamento bem caro, e que fez muita diferença para nós” conta. Foram entregues 600 unidades de “Bemiparina”, por uma empresa farmacêutica da cidade, que prefere manter sigilo quanto a identificação. A farmacêutica agradece a todos estes voluntários que diariamente contribuem com o hospital, e se coloca à disposição, para aqueles que quiserem colaborar seja com medicamentos, materiais hospitalares, fraldas e etc. 

Hospital São Rafael Rolandia

Hospital São Rafael Rolandia

fonte: 

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape